21.10.01


Um blog que acabou de nascer e já acha que eu sou do bem: é O Livro das Fotos, do Cícero Rodrigues, que mora no Rio e já abre os trabalhos com uma foto bonita pra chuchu do Rio visto de cima do ombro esquerdo do Cristo Redentor. Se você quiser conhecer os trabalhos dele, o site oficial (muito bacana, diga-se de passagem) é este aqui. Seja bem-vindo ao blogverso, Cícero!
Ontem acabei não postando nada porque o dia foi cheio e ainda por cima cheguei em casa com febre, depois de encarar uma tremenda chuva aqui no Rio. Hoje, faz sol e - tirando um dariz endupido - está tudo bem. Senão, vejamos:

A Primavera dos Livros é muito legal (maiores detalhes, dêem um pulo no segundo caderno). Cheguei lá ontem às 14:30h e a Tribuna C do Jockey Club estava cheia apesar da chuva. Marquei um encontro com o Franco-Atirador Lúcio Manfredi e o Jorge Rocha, grande figura, editor do [Mão Única?] e colaborador do Velotrol. Almoçamos, batemos um bom papo e fomos à caça dos livros.

Praticamente só tinha coisa boa nos estandes das 56 editoras que participam desta mini-bienal. Um registro especial para a Editora 34, que acaba de lançar A biografia definitiva de Jackson do Pandeiro, sensacional. Recebi um exemplar e vou comentar no Lanceiro Livros em breve. Obrigado, Isabela!

Outro livro que me caiu em mãos é o interessantíssimo Antropologia do Ciborgue - as vertigens do pós-humano, de Donna Haraway e Hari Kunzru. Donna Haraway, veterana da contracultura dos anos 60, nada contra a corrente do feminismo tradicional e propõe uma autêntica leitura cyberpunk da nova realidade. Não é à toa, aliás, que a editora, de Belo Horizonte, se chama Autêntica. Obrigado ao Carlos Alberto pelo livro.

Hoje tem José Arbex Jr, da Caros Amigos, num debate às 16:30h. Se minha gripe permitir, estarei lá.

Ah, por falar em [Mão Única?]: acaba de sair a edição número 4, com dois trabalhos meus, aqui e aqui. Confiram!

19.10.01


Mundo blogger


A Luzinha Franzoi manda avisar que gosta de Claudette Colbert, assim como sua mãe, e que também gosta do layout do Lanceiro! Gosto não se discute, se aplaude: valeu, Luzinha!

Fabrício Vieira também curte os toques do Lanceiro e me diz que eu perdi um show muito bom. Esquenta não, Fabrício, eu ainda acho que Clapton volta a dar shows! Se quem é rei nunca perde a majestade, que dirá Deus! ;-D

Que bonito o Wumanity Wide World! Para entender o conceito, entre aqui e leia o inteligente texto da Rossana Fischer, com direito a uma belíssima música chinesa de fundo. Namastê, Rossana!

Alguém quer pamonha?



Graças a um post do sempre antenado Paulo Bicarato em seu ótimo blog, fiquei sabendo que o Izquierdo, El Horrible, ditador supremo do blog Joelhasso, criou agora uma lista de discussão onde ele pode ampliar ainda mais seu poder de dominação (um ensaio para dominar o mundo logo em seguida, como ele mesmo já deixou claro). Fosse outra pessoa e eu ficaria muito preocupado, mas o Izquierdo é um cara muito engraçado. Entrei na lista, portanto, just in case.

Esse troca-troca de links entre blogs parece que não tem fim mesmo. Do Joelhasso pulei pro Tipuri, do Marcelo Estraviz. A Cora outro dia comentou emocionada que tinha sido considerada uma Sinarca pelo Estraviz. Rolando mais para baixo a tela, descubro que este humilde Lanceiro faz parte da categoria Sinarada, na agradável companhia de Jackie Miller, Marina W. e das Delícias Cremosas. Ainda não tenho a menor idéia do que seja essa história de sinarada, mas como meu link tá lá no blog dele, acho que deve ser um negócio legal. Agradeço penhorado: valeu, Estraviz!

Recado teatral para os cariocas: a Flávia, da Armazém Companhia de Teatro, pede para avisar que tem nova oficina pintando no pedaço: O Ator Canta. As aulas serão dadas pela atriz Simone Mazzer na Fundição Progresso, logo depois dos Arcos da Lapa, a partir do dia 29 de outubro. O curso terá a duração de cinco semanas. Horário? Segundas e quartas, de 19 às 21h. O Armazém infelizmente ainda não tem página na Internet, mas as inscrições já podem ser feitas por telefone, anotem: (0xx21) 9654-2648. O Armazém é um dos melhores grupos de teatro brasileiros (Vocês já foram ver alguma peça deles? Alice Através do Espelho foi uma das melhores peças que o Rio já viu nos últimos anos. A última deles, Da Arte de Subir em Telhados, voltou ao cartaz agora no Teatro Casagrande, no Leblon), e suas oficinas são ministradas por quem entende do assunto. Corram que o número de vagas é pequeno: são apenas vinte!! Aproveitem!

17.10.01


Mais blogs legais no blogverso: o P@trimônio, do Luiz Patriota. Outro bem interessante - e semelhante em espírito ao segundo caderno deste modesto blog, o Lanceiro Livros - é o blog do Rodolfo Filho, o Leituras do Dia. Só uma coisa engraçada: o Patriota também recomenda o Franco Atirador, do meu amigo e afilhado de casamento Lúcio Manfredi, mas o chama de Luciano. E o Rodolfo me chama de Flávio! Mas o que vale é o conteúdo, afinal, e disso eles gostaram! Obrigado, Patriota e Rodolfo!!

16.10.01


Correção de fim de noite: no dia 10, postei uma mensagem citando um texto do Dan Gillmor que achei através do blog da Cora sobre o Reichstag de Bush. Ela inaugurou os meus links de comentários com a seguinte observação: Na verdade, o primeiro a levantar essa bola foi -- quase como não podia deixar de ser -- o John Perry Barlow, que, na tarde do próprio 911, já estava mandando uma circular para os amigos chamada "Remember the Reichstag". Na ocasião fiz um link para ela no meu blog. Essa me passou despercebida, Cora. Valeu!


URGENTE e IMPORTANTE. O pessoal da Gazeta Mercantil, que entrou em greve há alguns dias, criou um weblog para dar notícias do movimento. Muito legal a iniciativa: jornalismo de verdade é isso, e blog também.

15.10.01



Já tem algum tempo que não falo de jornalismo por aqui, então lá vai: foi com profundo pesar que acabei de ler na home da CNN.com.br a seguinte manchete: "Prefeito de Nova York será condenado pela Rainha Elizabeth II". Surpreso, cliquei no link para a matéria.

Evidentemente, não era nada disso. A matéria diz o seguinte: Prefeito de Nova York será CONDECORADO pela rainha Elizabeth II. O erro está no ar desde as 17:30h. Depois dizem que conteúdo em um site não é importante. Vejam só o que acontece quando se digita de qualquer maneira um texto...
Dicas do dia

Não sai do CD player: A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana. Os Titãs se reencontraram neste que é o melhor álbum do grupo em muitos anos: Miklos, Britto, Bellotto, Gavin, Reis e Mello acertaram a mão bonito, sem medo de serem felizes, alternando um som poderoso e arrasador (destaque para Vamos ao Trabalho e Cuidado com Você) com melodias mais pungentes e doloridas, como Epitáfio e Não Fuja da Dor. Tem de tudo nesse álbum, tudo no melhor sentido, a começar pela faixa-título, uma bela sacaneada no mercado fonográfico - sacaneada que não exime de culpa os próprios Titãs e seus últimos álbuns, como eles declararam na semana passada, em entrevista a Jô Soares. Como em "Go Back", a parceria póstuma com Torquato Neto é retomada em Daqui Pra Lá, com música de Sérgio Britto; também de Britto, Mundo Cão é um retorno divertido aos tempos do BRock anos 80, com direito até a backing vocals ao estilo Gang 90. Não faltou nem Marcelo Fromer, com uma (grande e ótima) participação na criação de músicas como Bom Gosto, Um Morto de Férias e Alma Lavada. A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana não foi um título escolhido por acaso, mas no caso dos Titãs, é evidente que - e eles sabem disso - eles são a melhor banda de todos os tempos do Rock Brasil ainda em atividade. Ouçam urgente.

Quando eu digo "em atividade", não é por maldade, mas uma simples constatação: isso pode mudar em alguns anos. Alguém viu ontem no Fantástico a entrevista com Herbert Vianna? Foi muito bonito ver o cara mostrando que está por aí de novo - ainda falta um tanto para ele se recuperar plenamente, mas agora não dá mais pra duvidar de que isso irá acontecer. A vida é bonita e a esperança existe. E, pelo pouco que ele tocou para as crianças do hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, dá pra torcer por um retorno rápido aos palcos. Eu tive a felicidade de estar no primeiro grande show do Paralamas no Parque Lage, logo após o lançamento de O Passo do Lui, e quando Herbert voltar, estarei na fila do gargarejo.

Não perca na TV: O Telecine Classic vai exibir, de hoje até o próximo domingo, sempre às 22h, o Festival Claudette Colbert. Provavelmente a maioria dos blogueiros não faz idéia de quem seja, mas eu canto a pedra: uma das maiores atrizes que Hollywood já conheceu nos anos 30 e 40, responsável por grandes sucessos de bilheteria como a segunda versão de Cleópatra e Aconteceu Naquela Noite, com Clark Gable. Nenhum desses dois será exibido no festival, mas em compensação o espectador será brindado com no mínimo duas jóias: Imitação da Vida, na terça, e Ao Rufar dos Tambores, no sábado, com Henry Fonda e direção de John Ford. Uma bela oportunidade para conhecer (ou matar as saudades de) uma atriz que em seu tempo colocava todas as outras no chinelo.

Em tempo: Manssur Gustavo, editor da novíssima revista digital O Preto e o Branco, lê o Lanceiro. Entrem no site e assinem a revista para recebê-la por e-mail, vale a pena. Tatiana Portugal, do Minhas Coisas, também lê e recomenda. A Naiade, do Sei Lah, gostou do conteúdo mas não achou o Lanceiro bonito. Me aguarde, Naiade, em breve vem aí o Lanceiro de cara nova!

That´s all, folks!